Uma das decisões mais importantes que você tomará no processo de escolha de um torrador de café é, sem dúvida, o tamanho. Determinar que tipo de sistema comprar pode ser uma decisão bastante difícil, pois existem muitos tipos diferentes de Máquinas de Torrefação de Café para escolher.

 

O processo de torrefação do café envolve o aquecimento dos grãos de café para induzir a Reação de Maillard. Isso geralmente é alcançado com uma mistura de transferência de calor convectiva e condutiva. Mas como isso ajuda você a decidir que tipo de torrador é o mais adequado? Aqui na BURNS, gostaríamos de fornecer algumas informações sobre as diferentes configurações de máquinas de torrefação; como cada uma transfere calor para os grãos de café e os prós e contras de cada desenho.

TORRADORES DE TAMBOR SÓLIDO

Tipos de máquinas de torrefação de café que apresentam torradores de tambor são os torradores mais difundidos no mercado. Estas máquinas torram o café aquecendo um tambor rotativo. Os grãos recebem tanto a transferência de calor condutiva da superfície do tambor quanto a convecção do ar ambiente. O desenho simples de um Torrador de Tambor funciona bem a uma variedade de opções de fontes de calor, processos manuais/automáticos flexíveis, longevidade de suas partes móveis e uma variedade de tamanhos. Se você está procurando um perfil de torra escura, um torrador de tambor é o caminho a seguir; eles produzem torras escuras mais consistentes do que qualquer outro tipo de torrador. Uma das grandes desvantagens para observar com um torrador de tambor é que alguns grãos que estão em contato com o tambor acabam queimando. Isso torna um pouco mais difícil duplicar perfis de torra se você não estiver acostumado com o torrador específico; no entanto, existem algumas soluções no desenho do tambor para diminuir isso.

 

Tambor de Parede Única

O torrador de tambor de parede única é o seu torrador de tambor típico. Ele contém um queimador que aquece o tambor por baixo à medida que rotaciona, e o tambor, por sua vez, aquece os grãos de café por condução. Isso leva a torras inconsistentes de lote pra lote devido à energia retida no tambor.

 

Tambor de Parede Dupla

O torrador de tambor de parede dupla é um torrador de tambor mais refinado que usa o ar entre as duas paredes como isolamento. Consequentemente, os grãos têm tempo para receber mais aquecimento por convecção. Essa tecnologia permite que a parede interna fique um pouco mais fria durante a torra, levando a uma torra mais consistente e menos grãos queimados de lote para lote. O torrador visto abaixo é um ótimo exemplo dessa técnica de torrefação de parede dupla.

 
commercial-coffee-roasting-machine

Torradores de Tambor Perfurado

BURNS emprega uma visão única do torrador de tambor. Em vez de depender do aquecimento condutivo da parede interna do tambor, todos os Sistemas Industriais de Torrefação de Café BURNS operam com um tambor perfurado. O tambor perfurado permite uma transferência de calor mais convectiva durante o processo de torra. Através deste fluxo de ar aumentado, o torrador pode criar uma torrefação mais uniforme e uma ampla flexibilidade de tamanho de lote. Adicionalmente, o processo de torrefação usa menos calor do que um torrador de tambor tradicional.

 

Sistema de Torrefação de Café em Tambor Perfurado
Torrador de Tambor Perfurado da BURNS 270R

Torradores de Leito Fluidizado

Se o torrador de tambor é considerado a máquina de torrefação escura superior, o leito fluidizado é exatamente o oposto. Em geral, os torradores de leito fluidizado torrarão o café mais rápido e com menos energia do que os torradores de tambor. Isso serve melhor a torras mais leves, pois tende a reter mais complexidade e acidez do que os torradores de tambor. Os leitos fluidizados podem fazer isso porque dependem exclusivamente da convecção para torrar os grãos: o ar é pré-aquecido e subsequentemente empurrado através de uma coluna de grãos de café. Esse fluxo de ar faz com que os grãos flutuem em um “leito” de ar quente. Os leitos fluidizados são conhecidos por mais consistência, retenção de sabor e tamanho compacto. No entanto, eles são muito mais complexos do que seus equivalentes de tambor, levando a máquinas mais caras, manutenção difícil e capacidade limitada. Além disso, a maioria dos torradores de leito fluidizado não tem a opção de inspecionar os grãos durante a torra.

Existem muitas decisões que envolvem a escolha de um torrador, mas a parte importante é dominar seu ofício quando você decidir. Muitos torradores de café confiam no seu design preferido, principalmente porque é aquele com o qual eles se sentem mais confortáveis. Sentindo-se sobrecarregado por todas as opções? Envie uma mensagem abaixo, e-mail para [email protected], ou ligue (877)-683-8113 para falar com um de nossos especialistas. Estamos felizes em responder a quaisquer perguntas ou preocupações que você possa ter durante o processo de seleção do torrador.